5 ações recentes que não repercutiram como esperado

De versa 4 anosatrás1 Comentário
Início  /  Cases  /  5 ações recentes que não repercutiram como esperado

Estamos em Abril, apenas o quarto mês do ano, mas muitas ações de marketing já repercutiram de uma maneira que empresa alguma gostaria – negativamente. Todos os anos marcas realizam diversos esforços e investimentos para alcançar objetivos e metas. Entretanto, nem sempre as ações realizadas são tão bem aceitas pela mídia, e o mais importante, pelos próprios consumidores, que são a razão da existência de qualquer empresa e influenciam diretamente na vida de uma marca.

Entre tantas ações de marketing que não foram bem aceitas em 2016 selecionei cinco que mais chamaram a minha atenção e nos podem ensinar algo.

Trident debocha de público com cabelo azul

A Trident, patrocinadora oficial do Lollapalooza no Brasil, causou muita polêmica com uma ação realizada em sua fanpage após o evento musical. A marca debochou das pessoas com cabelos azulados que compareceram na edição do festival realizada nos dias 12 e 13 de Março.

Várias fotografias do público com cabelo azul curtindo o festival foram publicadas no Facebook da marca. Até ai, tudo bem, senão fossem as legendas utilizadas para ridicularizar as pessoas.

Imagem-1-Megacurioso

Obviamente as pessoas não aceitaram bem a publicação e o que era para ser apenas mais uma ação descontraída e bem humorada passou a ser um problema grande para o Social Media da marca. Depois da repercussão negativa a Trident apagou o álbum de fotos e se pronunciou através do Facebook com uma nota admitindo o erro. Poucas vezes eu vi uma marca realizar uma ação tão constrangedora para as pessoas e para si própria. Você pode conferir a repercussão do caso no link abaixo:

Trident ridiculariza cabelos azuis e provoca reações nas redes sociais

Atlético-MG é DryWorld acusados de machismo

A apresentação dos uniformes do Atlético-MG para a temporada 2016 ficou marcada pelas acusações de machismo queDryWorld, fornecedora oficial de material esportivo, e o próprio clube sofreram. Um grupo de torcedoras do Atlético-MG não gostou da maneira como as modelos foram expostas durante o evento de lançamento.

Imagem-2-ESPN

“Não podemos tolerar ações como o lamentável episódio do lançamento das Camisas da Coleção 2016, em parceria com a DryWorld, em que modelos femininas foram expostas de maneira objetificada, vestindo trajes de banho e lingeries, de maneira apelativa, em um evento de finalidade esportiva. Não podemos aceitar que a imagem feminina seja tratada como peça de enfeite de estádio, encomendadas para agradar o público masculino – que, há muito, deixou de ser único protagonista no universo do futebol.” diz um trecho da nota de repúdio publicada no ESPNFC.

Nota de repúdio: machismo em evento do Galo

A polêmica ficou mais forte após algumas imagens de camisas promocionais da DryWorld circularem nas mídias sociais com instruções de lavagem com uma frase machista – “Give it to your wife” (“entregue a camisa à sua esposa”).

DryWorld diz que foi Atlético-MG quem organizou desfile com garotas de biquíni

Imagem-3-Superesportes

Dolly muda a roupagem de sua comunicação

Depois de tantos anos com uma estratégia de comunicação considerada tosca por profissionais de marketing, publicitários e até mesmo os próprios consumidores do refrigerante, a Dolly optou por uma nova roupagem em seus comerciais. O Dollynho, querido mascote da marca, deixou de ser protagonista em sua campanha para dar lugar a famílias unidas, casais felizes e crianças se divertindo. Após tantos anos com a mesma comunicação, a repaginação da campanha desagradou e causou estranheza aos internautas.

Dollynho é DESPRESTIGIADO em novo comercial e fãs se revoltam

Logo após a marca tentar diminuir a presença do mascote nos anúncios para a televisão, as pessoas foram as suas mídias sociais, se indignaram, reclamaram, xingaram muito no Twitter e pouco tempo depois o Dollynho voltou em uma campanha de conscientização contra o Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue

Imagem-5-Buzzfeed

O Dollynho voltou. Conheça a vida particular do nosso amiguinho.

Reserva é acusada de racismo

Em fevereiro, a Reserva, marca em que o apresentador Luciano Huck é sócio, foi acusada de racismo por causa de uma ação de marketing realizada no Shopping Rio Sul, no Rio de Janeiro. A ação foi considerada ofensiva por colocar manequins pretos, de cabeça para baixo, amarrados a cordas na vitrine da loja.

Imagem-6-Exame

Os internautas não perdoaram e bombardearam a página da marca com criticas. A empresa se defendeu em nota afirmando que é uma estratégia de marketing utilizada em períodos de liquidações.

Reserva, de Luciano Huck, é acusada de racismo

Samarco tenta melhorar imagem após desastre ambiental

A Samarco, responsável pela administração da barragem que se rompeu em Mariana, Minas Gerais, foi duramente criticada após investir milhões em uma campanha publicitária para tentar melhorar a imagem da marca. Segundo o portal Século Diário, a mineradora investiu cerca de R$ 3,3 milhões para exibir uma propaganda no Fantástico, da Rede Globo. A propaganda mostrava depoimentos de funcionários da companhia falando sobre o trabalho realizado para minimizar os impactos causados após o rompimento da barragem. Nas mídias sociais a propaganda gerou revolta nos internautas. Já o Comitê em Defesa dos Territórios Frente à Mineração denunciou a mineradora junto ao Ministério Público Federal justificando que o dinheiro investido na campanha poderia ser usado para indenizar as famílias que perderam tudo no desastre ambiental.  O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR) também recebeu reclamações a respeito da veracidade das informações veiculadas na propaganda.

Samarco tenta resgatar imagem, mas gera revolta nas redes sociais

Comitê denuncia que Samarco gastou R$ 3,3 milhões para exibir comercial no Fantástico

Lembra de alguma campanha publicitária ou ação de marketing que não repercutiu bem em 2016? Diga qual nos comentários!

Por: Diego Luís

Referência: http://plugcitarios.com/2016/04/11/5-acoes-recentes-que-nao-repercutiram-como-esperado/

Comentários

Categoria:
  Cases
esta postagem foi compartilhada 0 vezes
 100
Sobre

 versa

  (10 Artigos)

Um comentários

Deixar um comentário

Seu endereço de email não será publicado.